Especial Marvel: Contemplando o Sonho

Celebrando o Marvel Cinematic Universe e seu caminho tortuoso (Anos 70 e 80)

Sem a pressa habitual das maratonas, sem a histeria que antecede um filme como Vingadores: Guerra Infinita e logo após a conclusão dessa saga no grandioso Vingadores: Ultimato, convido você a reviver comigo a grandiosidade destes filmes, seus significados e a beleza desse universo construído nos últimos 11 anos.

Este é o primeiro post de uma série de 26 publicações especiais para celebrar, discutir e explorar a história e o legado desta obra gigantesca. Eu o convido a comentar, compartilhar opiniões, informações e curiosidades a respeito dessas produções. Os posts sairão conforme eu revejo os filmes, sem pressa e sem hype, vem tranquilo, não se afoba não. Boa Leitura. 

marvel-logo
“Parte da jornada é o fim” — Mas uma parte ainda mais importante é o começo, é a base, é o sonho. E olhando em retrocesso para tudo que a Marvel construiu nos cinemas, vemos o quão grande foi o sonho, como sua base é sólida e o quanto o começo foi importante para uma das franquias mais grandiosas da história da Sétima Arte. 

O que acompanhamos nos últimos onze anos foi um espetáculo, um evento mundial dividido em vinte e dois filmes (vinte e três daqui um mês), cada um grandioso e importante a sua maneira, e ainda que este espetáculo tenha seus pontos baixos, nenhum deles foi suficiente para tirar o entusiasmo e o folego nessa jornada. 

Gosto de pensar no que tudo isso representa para nós, os fãs. Cada um destes filmes une 80 anos de paixão pelos quadrinhos, com o entusiasmo e o fascínio das crianças. Pense nos milhares de profissionais envolvidos, nos milhões vibrando no cinema, nas conversas com nossos amigos antes e depois de cada sessão, pense em cada podcast e vídeo produzido e consumido com entusiasmo, cada texto e analise em milhares de blogs como este, cada opinião e declaração de amor postadas nas redes sociais e me diga: Como não celebrar algo que conseguiu unir gerações, mover multidões pelo mundo todo, agradar pessoas de todas as idades, fãs de quadrinhos ou não, e se tornar o maior simbolo da cultura pop atual?!

Ver o inicio e o auge do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) é um presente, um privilégio e em 40 anos tenho certeza absoluta de que estaremos nos gabando disso, como os nossos pais com Star Wars, nossos avós com Beatles ou aquele seu tio bêbado falando da copa de 94. 

E por mais que existam criticas, por mais que nada disso tenha sido perfeito e que estes filmes sejam sempre vistos como simples blockbusters ou cultura de massa, nada, ABSOLUTAMENTE NADA, tira o mérito do que a Marvel fez. 

Quando eu cheguei aqui era tudo mato…

A história da Marvel, por si só, já daria um baita filme. Os anos 80 mal haviam começado quando Stan Lee, isso mesmo, o nosso Stan Lee, saiu dos escritórios da Marvel em Nova York e rumou à ensolarada Califórnia para tentar realizar um sonho: o de fazer filmes daqueles personagens que já eram um enorme sucesso nos Quadrinhos.

Os planos de levar estes heróis para o cinema não são novos. Sempre se flertou com o desejo de adaptar e explorar comercialmente esses personagens, mas o estigma negativo sobre os quadrinhos e os efeitos especiais precários, sempre afastaram estas ideias. A coisa mudou um pouco e o interesse dos produtores voltou após o sucesso do seriado do Batman de 66 para a TV e Superman de 1978 no cinema.

Mas personagens da Marvel já haviam aparecido nas telas bem antes de Stan Lee desembarcar na Califórnia com seus óculos de sol e calção de banho, mas eram apenas produções com baixo orçamento como pilotos de séries e filmes para a TV.
Fora as séries de curtas dos anos 40, os primeiros heróis da Marvel a ganharem suas versões live action foram Homem Aranha e Hulk em 1977, Dr.Estranho 1978 e Capitão América em 1979. 

Sem Título-1
Homem Aranha 1977, O Incrível Hulk 1977, Dr.Estranho 1978 e Capitão América 1979

Dassas a unica produção que se destacou foi O Incrível Hulk, interpretado por Lou Ferrigno que acabou ganhando uma série para a TV (1978 – 1982) e mais alguns filmes (88, 89 e 90), todos para a TV. Aqui o sonho de um universo compartilhado já existia. Diversos personagens como Homem de Ferro, Thor e Demolidor, faziam aparições no seriado e nos filmes do Hulk. 

maarvel heroi
Thor, Homem de Ferro e Demolidor fizeram participações no seriado e filmes do Hulk entre 1978 e 1990

Mas os Anos 80 também não foram muito fáceis…Enquanto a DC enchia o rego de dinheiro com as sequencias do Superman e, mais tarde com o Batman em 89, a Marvel patinava com as produtoras fazendo produtos genéricos com seus personagens. É muito triste imaginar o que primeiro longa metragem pro cinema (até então todos os outros foram para a TV) de um personagem da Marvel tenha sido o infame Howard, o Pato produzido por George Lucas em 1986. O filme foi um fracasso de crítica e bilheteria e é considerado um dos piores filmes já feitos.

Só em 1989 outro personagem da Marvel ganhou um filme, foi O Justiceiro protagonizado por Dolph Lundgren, que era um nome de destaque na época. É um filme com orçamento baixíssimo, um filme qualquer de ação dos anos 80 e totalmente descaracterizado do que era o personagem nos quadrinhos.

howard e justiceiro
Howard, o Pato 1986 e O Justiceiro 1989

E então vieram os anos 90, a humanidade não saiu impune e a Marvel, muito menos. 

Uma falência eminente, vendas de direitos de personagens e produções grotescas para o cinema e TV, essas coisas geraram consequências que interferem e afetam os filmes e séries da Marvel até hoje. E por ser um assunto muito extenso e complexo, falarei dele na próxima semana, aqui neste mesmo site, neste mesmo horário. 

Para complementar os que comentei aqui, vou deixar alguns link bem uteis, como: 

Esse episódio do meu Podcast
Onde eu resumi a trajetória e o panorama dos filmes de herói

E esta série fantástica de postagens do blog Falange
Aqui eles destrincham personagem por personagem Marvel adaptado fora do MCU (Os malucos assistiram cada um desses filmes toscos que falei) vale a pena conferir. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s