O Incoerente e Eu

Olá! Eu sou o Patrian, e esse é o meu blog!

Bem vindos ao meu site! Eu tinha escolhido um nome muito foda pra ele, mas algum arrombado está usando desde 2008, então deixei esse daí mesmo.

Bom, eu me chamo Samuel Patrian. No momento em que escrevo tenho vinte anos, sou um estudante ferrado no sexto semestre de Rádio e TV, tenho R$ 8,75 na conta, nenhuma namoradinha e algum tempo livre que pretendo desperdiçar escrevendo para vocês.

No começo isso aqui era pra ser um blog de humor, mas é fácil perceber que eu não sou um cara engraçado e que nem tenho tantas histórias assim. Então, no auge da minha prepotência, resolvi que ia escrever sobre séries e filmes e ter mais um desses blogs de cultura pop genéricos que surgem aos montes todos os dias.  Eu vejo isso aqui como um espaço para eu compartilhar a caralhada de séries e filmes que vejo toda semana. E uma boa forma de pagar de intelectual e mostrar pro mundo que eu sou nerdão e não tenho comido ninguém.

Pareceu uma boa ideia demonstrar minha paixão pelo audiovisual. Afinal, eu fui criado em uma época em que os pais deixavam a educação dos filhos a cargo da televisão. Por muito tempo minha melhor amiga foi uma Semp Toshiba de 21 polegadas e 50 meses de garantia (Lula cuzão, deixou pobre comprar TV deu nisso aqui). Todos aqueles anos exposto a Sessão da Tarde, novela das oito e programa do Ratinho, me fizeram desenvolver um fascínio enorme por aquela caixa iluminada, o que logo se tornou quase uma obsessão por séries e filmes. Além de ter me causado problemas na coluna, nas vistas e um leve grau de retardo.

Depois da televisão, veio a internet: um lugar imundo, inescrupuloso e doente. Nunca me senti tão em casa.  A internet, esse portal mágico e viciante de pornografia e inutilidades, logo me apresentou ao mundo dos blogs. Bons tempos.

E em 2011, ao invés de ficar o dia todo vendo sacanagem, criei meu primeiro blog!
De lá pra cá se passaram seis anos e eu nunca mais parei. Ao longo desses anos, criei muitos blogs no Blogspot e  muitos canais no YouTube com meus amigos igualmente retardados.  E eu falhei miseravelmente em cada um deles.

Como eu estou sempre a favor do erro, em 2014 criei o Incoerente, que depois de alguns abandonos e reformulações finalmente encontrou um rumo, e depois de três anos finalmente decidi sobre o que escrever e estou aqui, escrevendo.

E esse primeiro post é o mais difícil. Eu tinha de vir aqui e me apresentar, apresentar o blog (acho que é metalinguagem o nome disso) e eu até queria fugir desse clichê de primeiro post, mas eu sou egocêntrico demais para não começar com um texto assim, sobre mim.

Sejam todos bem vindos ao Incoerente.
Desculpa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s